O nhoque vegano foi um sucesso

Postado dia 18 de setembro de 2017

Há alguns meses eu tenho buscado diminuir meu consumo de carne. Pra mim, ainda é uma questão de praticidade no dia-a-dia. Fazer um arroz, feijão e fritar um bife. Admito também que tenho um pouco de preguiça de buscar receitas novas (com ou sem carne) e me aventurar na cozinha. Como eu sou ‘nova’ nesse lance de ser adulta e fazer minha própria comida, eu não tenho assim muitas habilidades culinárias – digamos que quase nenhuma – então acabo indo pro que eu aprendi primeiro e consigo fazer com mais facilidade. Mas estou trabalhando nisso aos poucos.

Quando como fora de casa, nos restaurantes que a gente vai com o dois por um por exemplo, eu sempre procuro os pratos vegetarianos do cardápio. Além da questão dos animaizinhos, eu quero explorar mais sabores, diversificar o meu paladar e, consequentemente, me alimentar melhor.

No final de semana do feriado esse mês, a Lucy, a Dani e a Jaque vieram aqui em casa pra gente preparar alguma receita vegana, e a Dani deu a ideia do nhoque de batata. É uma receita bem fácil de fazer, e fica incrível! Fizemos também molho de tomate caseiro e no final todo mundo repetiu o prato.

A primeira coisa foi deixar os tomates assando no forno, enquanto a gente ia preparando a massa.

Nhoques prontos pra irem pra panela:

Colocamos os tomates no processador, temperamos com alho, cebola, salsinha e chimichurri.

A receita é essa aqui ó:

1kg de batata cozida e amassada
1 colher (de chá) de sal
2 colheres (de sopa) de azeite
cerca de 1 e 1/2 xícara (de chá) de farinha de trigo

E esse foi o resultado! Ficou maravilhoso! E fazer assim, com amigos, é melhor ainda ♥


Vila Mariana w/ Flavia Sayuri

Postado dia 13 de setembro de 2017

Como eu estava ansiosa pra terminar de editar logo essas fotos da Flavia Sayuri! Eu amei essa tarde! Que amorzinho de pessoa!

Eu conheci ela uns dias antes da gente se encontrar pras fotos, e além de linda e fotogênica, ela é super simpática e fofa ♥ Apesar da timidez (tanto dela quanto minha), a gente foi batendo papo, se soltando e o resultado ficou bem lindinho.

Essas são algumas das fotos desse dia, e eu vou ir postando mais algumas no meu instagram ;) Depois me diz qual dessas foi a sua favorita?


dois por um: Las Chicas

Postado dia 12 de setembro de 2017

Com o guia dois por um no Las Chicas, você pode escolher a bandeja 1 ou a bandeja 2 no café da manhã.

O espaço é super gracinha, o atendimento é muito bom, e tem um ótimo custo benefício!

(amei essa plaquinha!)

O David escolheu a bandeja 1 (R$ 24) e eu, a bandeja 2 (R$ 29).

bandeja 1 – cesta de pães artesanais variados; manteiga com flor de sal; geleia 2 sabores; suco de laranja; café expresso ou média ou cappuccino

Os sabores das geleias são: frutas vermelhas e manga.

bandeja 2 – misto quente ou queijo quente no pão de miga + copinho de coalhada fresca com granola artesanal + suco de laranja + café expresso ou média ou cappuccino

Eu amei o copinho de coalhada fresca! Junto vem um tantinho de mel pra adoçar, e fica uma delícia! Já quero aprender a fazer granola artesanal.

As bandejas são super caprichadas. Saímos muito satisfeitos! Quero começar o dia assim sempre!!!

Um copão de suco + um copão de cappuccino ♥

Como eu disse, o custo benefício é muito bom! Vale super a pena conhecer o Las Chicas e pedir uma das bandejas (tem também a bandeja 3, mas essa não entra na promo do dois por um).

Endereço:
Rua Oscar Freire, 1607 – Pinheiros


Séries para maratonar no feriadão

Postado dia 06 de setembro de 2017

Se você, como eu, também não vai viajar nesse feriado prolongado, bora aproveitar pra fazer uma mega maratona de alguma série que você ainda não assistiu. Vim deixar umas sugestões das últimas que eu assisti ;)

Orphan Black

Essa é a série que eu estou assistindo atualmente, e estou gostando muito. Já fazia um tempo que ela já estava na minha lista, e finalmente consegui começar. Eu estou agora na 3ª temporada.

O história é sobre uma mulher que, por acaso, descobre que existem várias outras iguais a ela. E como ela era órfã e foi adotada quando ainda era criança, nunca soube da existência de irmãs gêmeas ou qualquer outro parente de sangue. Então, ela busca saber sobre essas outras pessoas, suas histórias e a partir daí, passa a descobrir que existe muito mais coisa envolvida nessas tretas do que ela poderia imaginar.

Better Call Saul

Essa série é um spin-off de Breaking Bad, e conta a história do advogado Jimmy McGill (que depois se torna Saul Goodman) antes de ele conhecer o professor de química mais bad ass que você respeita, Walter White.

Breaking Bad é uma das minhas séries favoritas, e Better Call Saul é tão boa quanto. Uma das coisas que eu mais gosto nas duas, é a fotografia. Que fotografia!

Game of Thrones

Se você ainda não assistiu a série mais comentada dos últimos meses, tá aí uma ótima oportunidade!

Eu, particularmente, não sou muito fã de filmes/séries que envolvam fantasia e magia. Mas GOT (pros íntimos) insere esses elementos de uma forma mais “natural”, sabe? Até porque isso não é o foco principal da história.

Os personagens são complexos e a narrativa é muito envolvente.

Vikings

Eu curto dessa vibe de séries históricas, com dramas, guerras (só não gosto de ver as cenas específicas de guerra) e disputas de poder. O protagonista é o viking Ragnar, e é muito interessante ver o desenvolvimento do personagem no decorrer da série. Ah, e a Lagertha (esposa dele) é maravilhosa!

Sons of Anarchy

Sons os Anarchy é o nome do Motorcycle Club fundado por John Teller e Piney Winston. Toda a trama gira em torno da dinâmica do clube.

É uma série bem intensa. Os personagens são incríveis. Você se apega a uns, odeia outros, muda de opinião, fica com dó, fica com raiva.

E um dos ‘plus’ é que o autor e diretor da série é também um dos personagens. Quando eu fiquei sabendo, achei isso o máximo!

Se interessou por alguma das sugestões? :) Qual série você está assistindo no momento?


5 fotógrafos para seguir no instagram (03)

Postado dia 05 de setembro de 2017

Trabalhos lindos que você precisa acompanhar ♥

Nicole Ohana

@ninaaohana

As fotos da Nicole são coloridas, contrastadas e vibrantes. Realçam ainda mais os retratos.

Bruno Melero

@brunomelero

As fotos do Bruno tem um Q cinematográfico. Eu comecei a acompanhar o trabalho dele recentemente, e só consigo pensar ‘como eu não conhecia esse perfil antes?’.

Naira Mattia

@nrmtt

As fotos da Naira são muito inspiradoras. Ela arrasa nas composições minimalistas e expressivas. A edição puxada pros tons claros deixa o resultado ainda mais clean e delicado.

Marina Sampaio

@mamsampaio

O efeito granulado nas fotos da Marina da um ar analógico/retrô que super conversa com as composições que ela cria.

Bernardo Moreira

@bernardomoreiraa

O Bernardo tem uma sensibilidade linda. As fotos ficam leves e transbordando sentimento.


6 motivos para adotar gatinhos

Postado dia 04 de setembro de 2017

Faz quase um mês que nós adotamos nossos gatíneos e eu já sou completamente apaixonada por eles! Já tenho 1 milhão de fotos no celular pra ir postando em doses homeopáticas, e quando estou no trabalho, só fico querendo vir logo pra casa pra agarrar essas coisinhas.

Se você ainda não tem um bichinho, trago aqui 6 motivos pra te convencer a adotar um gato. Eles te conquistam nos primeiros minutos! Sério!

 01. é uma terapia

É hipnotizante ficar olhando pra eles. A gente se diverte muito! Eles dão uns pulinhos engraçados, saem correndo e escorregam nas curvas, escalam a gente. Mas mesmo parados eles também são maravilhosos.

Ficar fazendo carinho com eles no nosso colo, é a coisa mais relaxante! Quando eles estão com sono, eles se entregam de um jeito. E é muito gostosinho ver eles se aconchegando.

 02. eles são muito carinhosos

Todo dia de manhã e quando eu chego do trabalho, eu agacho em algum canto da casa pra eles subirem no meu colo (o Luke AMA um colo). De vez em quando a Leia me olha, estica o pescoço, eu estico o meu pra baixo e encosto o meu nariz no nariz dela. Eu amo esse nosso beijinho de esquimó. O Luke não gosta muito, mas eu roubo mesmo assim. Não aguento essas fuças de leãozinho que eles tem.

 03. são muito fáceis de cuidar

O que os gatos precisam – além de carinho – é de água, comida e caixa de areia limpa. Pronto! No começo, a nossa intenção era pegar um gatinho só, mas fomos convencidos a pegar dois, e foi a melhor coisa! Nós ficamos fora de casa o dia inteiro então, um faz companhia pro outro e eles não se sentem sozinhos e não demandam tanta atenção quando a gente chega (a gente é que fica querendo agarrar eles o tempo todo).

04. são fotogênicos

Tudo o que eles fazem e qualquer posição que eles param é lindo. Logo no primeiro dia deles em casa, minha galeria de fotos do celular já estava lotada de gatíneos. E ai no final de semana eu aproveito pra pegar a câmera e ficar atrás deles pra lá e pra cá.

 05. o ronronzinho deles é uma delícia

É muito gostoso ouvir e sentir esse som de ‘motorzinho’ quando estão ganhando carinho. Uma coisa que o Luke gosta, é de ficar mamando na minha orelha até pegar no sono. É muito bonitinho. Ele se apoia em mim, e as vezes fica lá um tempão.


06. você sempre vai ter uma história pra contar

Por exemplo, o dia que eles aprenderam a entrar no sofá. Quando tá tudo muito quieto, com certeza eles entraram por alguma brecha do encosto e não estão conseguindo sair. Daí a gente só ouve os barulhinhos e miadinhos lá dentro.

E eu, que nunca fui louca por gatos, estou aqui agora fazendo um post desses e morrendo de amor ♥

Hey, It´s Mi! • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por