Minha Primeira Tatuagem

Postado dia 24 de julho de 2017

Sábado acordamos cedinho (saímos de casa 5h30 da manhã) e fomos até Jaú (interior de SP) pra eu fazer a minha primeira tatuagem! Quando eu decidi fazer uma, queria muito que tivesse os traços bem finos e que fosse feita por uma mulher. Então comecei a procurar tatuadoras que trabalhassem com fine line e tatuagem colorida, e encontrei a Criz Suconic.

Mandei um e-mail pra ela, e entrei pra fila de espera. E ai mês passado, a Jack, que assiste a Criz com os atendimentos, me avisou que tinha vagado um horário pra julho e eu agendei. A partir daí, em todas as mensagem que eu mandava pra ela, eu falava “aii eu to muito ansiosa!” rs

O desenho que eu escolhi foi um punhadinho de flores de sakura. Além de eu achar lindas e delicadas, elas me lembram o Japão. Quando eu fui pra lá com a minha família, era primavera e a nossa cidade estava com as árvores carregadas dessas frôzinhas. E, se você me acompanha aqui pelo blog ou pelo instagram, já sabe que eu amo o Japão e ele me traz muitas lembranças boas.

Eu nunca fui louca por tatuagem. Meus pais não gostavam (ainda não gostam muito) então também nunca insisti no assunto. Eu lembro que tive que encher muuuito o saco pra conseguir o piercing no nariz. E hoje, mesmo sendo maior de idade, eu levo em consideração a opinião deles antes de fazer alguma coisa mais ‘definitiva’ assim.

No começo eles não curtiram muito a ideia, mas no final das contas eles também gostaram e acharam que ficou bem bonita e delicada.

Gravei um vídeo contando como foi a minha experiência de primeira tatuagem :) Dá o play aqui pra assisti ↓

O desenho ficou incrível, do jeitinho que eu queria. Eu to muito apaixonada! A Criz arrasa demais! Além de super talentosa, ela é um amor e super profissional.

Você pode ver os trabalhos da Criz no instagram, facebook e entrar em contato com ela por e-mail (crizsuconictattoo@gmail.com) pra solicitar um orçamento.


5 fotógrafos para seguir no instagram (02)

Postado dia 13 de julho de 2017

Mais 5 fotógrafos com trabalhos maravilhosos que eu adoro acompanhar no instagram, e que você precisa seguir também!

KARINE BRITTO

@karinebrtt

A Karine cria composições minimalistas, e tem uma edição com baixa saturação que eu acho linda!

NICOLE GOMES

@nicolegomesy

Eu adoro o contraste das fotos da Nicole. Com bastante tons claros, são sempre iluminadas, clean e transmitem a leveza daquele momento.

TOM RODRIGUES

@aredead

O Tom conhece as melhores locações pra fotos em São Paulo. Em um lugar só ele tem 1001 ideias pra composição, e tem uma facilidade incrível de deixar as fotos naturais e espontâneas.

MARCELLO OTSUKA

@marcello_otsuka

A edição do Marcello puxa mais pros tons escuros e cores frias. E ele usa bastante perspectiva e simetria nas fotos. O que poderia deixar uma virginiana mais felizinha?

THAÍS MARIN

@thaismarinphoto

Meu sonho é esse estúdio lindão da Thaís. Ela tem um olhar super delicado faz ensaios femininos cheios de sentimento.


dois por um: Bullguer

Postado dia 12 de julho de 2017

Na hamburgueria Bullguer a proposta é oferecer hambúrgueres clássicos, com ingredientes de alta qualidade, no conceito de fast food, porém prezando pelo maior cuidado no preparo. Servidos de forma rápida em embalagens descartáveis, os lanches tem um preço menor que outras casas do mesmo segmento.

Antes dos nossos pedidos chegarem, pegamos uma porção das Batatas fritas crinkles (R$9), temperadas com sal e páprica e servidas com maionese.

De lanche, eu escolhi a opção vegetariana, que é o Cheese Pelase.

Pão, Camembert, Tomate e Alface (R$24)

A fatia generosa do queijo empanado é uma delícia e a casquinha é bem crocante. Mas, senti falta de um sabor a mais. Essa maionese que acompanha as batatas, poderia vir no lanche também, por exemplo. Eu fui colocando um pouco dela entre uma mordida e outra, e combinou muito!

O David pegou o Lumberjack e gostou bastante.

Pão, Carne, Queijo, Bacon, Picles e Molho (R$20)

Pra tomar, dividimos uma Berrie Lemonade, feita à base de limão e frutas vermelhas. Além de ser maravilhosa, vem nesse copo personalizado super fofo, que obviamente eu trouxe pra casa rs.

O ambiente é super cool, a decoração tem uma pegada industrial bem maneira e os lanches são bem recheados .

O legal é que o Bullguer tem várias unidades por São Paulo então, vale muito a pena a visita. Fora que, com o dois por um, você pede dois hambúrgueres e só paga o de maior valor :)

Endereços:
Bullguer Vila Nova Conceição
Rua Diogo Jácome, 606 – Vila Nova Conceição
São Paulo – SP

Bullguer Vila Madalena
Rua Fradique Coutinho, 1136 – Vila Madalena
São Paulo – SP

Bullguer Perdizes
Rua Traipu, 156 – Perdizes
São Paulo – SP

Bullguer Iguatemi
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232 – Jd. Paulistano
Loja 6A (Viena Delish, Piso Térreo)
São Paulo – SP

Bullguer Eldorado
Av. Rebouças, 3970 – 2º Subsolo – Pinheiros
Loja 6A (Viena Delish, Piso Térreo)
São Paulo – SP

Bullguer Jardim Sul
Av. Giovanni Gronchi, 5819, 2º andar – Vila Andrade
São Paulo – SP


Paranapiacaba w/ Beatriz Parizotto

Postado dia 10 de julho de 2017

No primeiro final de semana desse mês fomos, eu, o David, o Tom, o Rodrigo e o Luiz, fazer fotos em Paranapiacaba da linda e maravilhosa Beatriz Parizotto.

Eu lembro que eu fui pra lá pela primeira vez em 2010, com o grupo do curso de fotografia. De lá pra cá, fui mais algumas vezes mas já fazia muito tempo desde a minha última visita à vila. E o interessante, pra mim mesma, é ver como a minha visão e perspectiva de fotografia evoluíram nesse tempo, e como a gente sempre acaba achando um cantinho ou um ângulo diferente por lá.

Enfim rs, o dia estava super nublado (o que a gente até queria), e pegamos uma chuva bem chata com mini períodos de tréguas de aproximadamente 5 minutos. Mas, apesar de termos ficado um pouco desanimados por causa do tempo no começo, foi um dia muito divertido e rendeu fotos incríveis.

Eu ainda não conhecia a Beatriz nem o Luiz pessoalmente, e essa foi uma ótima oportunidade. Eles são uns lindos ♥

O Tom e do Luiz estão postando as fotos nos instagrams deles então, fica de olho lá pra conferir! E eu já postei algumas outras, diferentes dessas daqui, no meu perfil de fotografia, @paulaciprianoph. Me segue lá também ;)


Amazing 6: Cidade

Postado dia 07 de julho de 2017

Cidade foi o tema que a gente escolheu pro Amazing 6 desse mês. E, como é uma coisa que eu amo fotografar (principalmente vista de cima ♥), fiquei super empolgada pra separar as fotos.

As duas primeiras foram feitas de cima do Ed. Martinelli. Que inclusive, é um passeio bem legal de se fazer, e ter uma vista dessas de São Paulo é incrível!

Essas outras duas foram feitas na rua de trás do MASP. Estava andando por lá um dia, e achei bem legal olhar esse ‘outro lado’ dele. Ali também tem essas estruturas lindinhas pra prender as bicicletas no formato do estado de SP.

Essa vista maravilhosa é do ap que eu aluguei no Ed. Copan, quando eu fiz as fotos da Fernanda. Imagina só acordar assim todos os dias!

E eu não podia deixar de colocar uma foto de Oyama ♥ A cidade que eu morei no Japão, e que tem um lugar muito, muito quentinho no meu coração.

E você, também ama fotografar a sua cidade? :)

Também estão participando do projeto:
Caio | LucyMary | Carla


Foto macro com a lente invertida

Postado dia 30 de junho de 2017

A gente sabe que equipamentos fotográficos não são nada baratos. E se você gosta de capturar detalhes muito, muito pequenos nas suas fotos, seria legal investir numa lente macro. Maaas, existe um, jeito de você conseguir o mesmo resultado usando a sua lente ‘comum’. É só desencaixar ela do corpo e usar ‘ao contrário’, deixando ela bem grudadinha na câmera.

Pra facilitar o uso da lente assim, existe um anel de inversão que serve pra encaixar ela no corpo da câmera, e você não precisar ficar segurando ela nessa posição. De um lado ele tem um encaixe como se fosse o de uma lente, e do outro (o lado que você vai colocar a “frente” da lente), como se fosse um filtro.

Na hora de fotografar, o ideal é que o ambiente seja bem iluminado. Isso facilita na hora de focar, já que você não vai ter como controlar o foco na lente, e isso vai ter que ser feito se aproximando e se afastando do objeto. E num ambiente iluminado você pode deixar a abertura um pouco mais fechada (essa frase parece estranha, mas juro que faz sentido rs) pra conseguir uma profundidade de campo maior.

E pra controlar a abertura, é só ir mexendo nesse trocinho que eu mostrei no gif aí em cima.

Eu usei a 50mm por ser uma lente menor e mais leve, mas com uma 18-55mm (que é a que normalmente vem no kit), funciona do mesmo jeito.

Esses são alguns exemplos de fotos que eu fiz assim. A primeira com a lente encaixada na câmera, e a segunda, com a lente invertida.

É uma dica simples, mas é bem legal pra brincar e dar uma outra perspectiva pras coisas :)


Hey, It´s Mi! • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por